Como Abrir uma Franquia em 10 Passos Simples

Como Abrir uma Franquia

Ser um franqueado é o sonho de muitos candidatos a empreendedores no Brasil. A facilidade e o know-how das franqueadoras atraem muitos brasileiros que desejam ter o negócio próprio e começar a trabalhar para si mesmo e não para outros empresários…Veja então Como Abrir uma Franquia!

O primeiro passo para abrir uma franquia é avaliar o perfil do futuro empresário. É preciso conhecer todas as características do negócio e analisar se elas combinam com o empreendedor. Escolher a franquia certa é a chave do sucesso.

Antes de assinar o contrato da franquia também é necessário avaliar se o produto ou serviço segmentado que a franqueadora oferece encontra público consumidor no local onde a empresa será instalada. O planejamento deve levar em conta o perfil da cidade e dos moradores, a renda per capita da população, a localização da franquia e a oferta do mesmo serviço por possíveis concorrentes do negócio.

Ao avaliar todas as variáveis, chega o momento de fechar o negócio e começar a trabalhar para se tornar um franqueado bem sucedido. Aqui, vamos apresentar o passo a passo para abrir uma franquia. O processo é simples e conta com toda a orientação das franqueadoras, mas, ainda assim, requer muita dedicação e atenção aos detalhes do contrato.

Como Abrir uma Franquia no Brasil em 10 Passos

 1 – O primeiro passo é, certamente, a pesquisa. Ao começar a planejar a abertura de uma franquia, escolha um segmento e pesquise todas as marcas que trabalham no mercado. Analise todos os benefícios, orientações e colaborações que a franqueadora oferece. Fique atento ao capital inicial de investimento e ao capital de giro que serão necessários para implementar o negócio. Confira todos os prazos de retorno de investimento e faça um planejamento financeiro detalhado.

 2 – Ao iniciar o negócio de uma franquia, siga corretamente todas as normas de padronização da marca. A rede normalmente cobra a atenção do franqueado aos detalhes do negócio. Isso não significa que o franqueado não possa dar ideias novas e sugestões para melhorar os processos da franquia.

 3 – Existem muitas áreas de franquias, como saúde, manutenção residencial e comercial, beleza, alimentação, cursos e treinamentos, fitness, entre outras. Antes de fazer sua escolha, trace o seu perfil empresarial. Faça visitas às unidades de franquias pelas quais você se interessa. Consulte também as opções de microfranquias, que têm crescido uma média de 22% ao ano em termos de rentabilidade.

4 – Conheça detalhadamente a Lei de Franquias, que trata dos contratos de franquias empresariais (franchising). Procure consultoria com profissionais da área e busque muitas informações sobre o mercado de franquias. Tire todas as dúvidas antes de assinar o contrato.

5 – Exija da franqueadora o documento da Circular de Oferta de Franquia (COF). Esse documento esclarece todos os pontos do contrato da franquia, aponta os valores que serão investidos, mostra o histórico da franquia, os formatos do negócio e o perfil dos franqueados. Essa circular terá que ser entregue ao franqueado antes da assinatura do contrato. Depois de receber o COF, o empreendedor terá 10 dias para decidir se quer realmente abrir o negócio.

6 – Antes de abrir o negócio, fique atento aos balancetes contábeis da empresa para avaliar a rentabilidade e o crescimento da franquia. Também é fundamental analisar a minuta contratual da franquia.

 7 – Com a franquia aberta, tenha em caixa, pelo menos, três vezes o valor do investimento inicial para manter as despesas de funcionamento da franquia até que o negócio comece a dar lucro. Os franqueados precisam pagar mensalmente uma taxa de franquia, de royalties e de publicidade, além das despesas com salários, alugueis e impostos.

 8 – Busque a constante consultoria da franqueadora e não deixe de enviar seus colaboradores para os treinamentos da rede. O know-how da franquia deve ser aproveitado a todo o momento para fazer o negócio evoluir e se tornar lucrativo.

9 – Contrate bons profissionais para trabalhar na franquia e valorize-os. Colaboradores eficientes, atenciosos com os clientes e pró-ativos ajudam o negócio a crescer e a fidelizar seu público-alvo.

 10 – Faça um planejamento financeiro a longo prazo. Muitas franquias só começam a dar lucro depois de 12 meses de funcionamento. Fique atento às rotinas de trabalho e às melhorias na organização e nos processos da franquia.

 

Curtiu? Compartilhe!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Aprenda a Montar Seu Negócio do Zero, Online ou Offline, com Pouco Investimento e Retorno Garantido!

    E-book gratuito ensina os passos para ganhar dinheiro seguindo modelos estabelecidos no sistema que não para de crescer no Brasil!

    • Quais são as vantagens desse sistema
    • Como escolher o negócio ideal para você
    • Quais são as características necessárias para o sucesso